Como fazer marketing B2B ou marketing industrial pela Internet?
23 de março de 2016
marketing
Marketing: tudo que você precisa saber – Conclusão
24 de março de 2016
Mostrar tudo

Automação de marketing: como otimizar o marketing e aumentar as vendas?

Automação de Marketing

O que é automação de marketing?

Imagine um processo dentro da sua empresa que (1) atrai leads, (2) se relaciona com eles, (3) identifica as oportunidades de negócio e (4) ajuda seus vendedores a venderem mais e melhor.

Agora imagine que esse processo faz tudo isso sozinho, sem a necessidade de você executar estas 4 ações manualmente.

Isso é automação de marketing!

Algo fantástico para qualquer empresa, não é? A automação de marketing possibilita se relacionar com seu público-alvo, gerando mais e melhores resultados, sem que haja a necessidade de interação manual e constante.

 

Principais ferramentas de automação de marketing

Não podemos automatizar os processos de marketing sem tecnologia – softwares que podem ser programados para as tarefas automáticas.

A boa notícia é que no Brasil já temos um bom ecossistema de marketing digital à nossa disposição, que inclui ótimas ferramentas de automação.

O RD Station é uma delas.

Ele agrega diversas funcionalidades em uma só plataforma, possibilitando a automação e a integração de diversas ações de marketing digital.

De longe é a mais utilizada aqui na Agência Pomar para automatizar o marketing dos nossos clientes.

Além do RD Station, temos a Sharpspring, uma ferramenta semelhante, e a Hubspot, a pioneira e mais avançada das três.

Cada uma possui suas características peculiares. Uma boa agência de marketing digital poderá orientar você a utilizar a mais adequada ao seu projeto.

 

Quais processos manuais devemos automatizar?

Antes de falar como automatizar, é preciso entender quais processos automatizar.

O marketing tradicional e o marketing digital utilizam o processo do Funil de Vendas para construir o modelo de relacionamento e venda de seus produtos e serviços. Nesse funil que você deve focar o esforço de automação.

Sugiro que entenda o funil de vendas de cada produto, e faça de tudo para tornar a maior parte dele automatizado.

 

Ok, por onde começar a automação de marketing?

O primeiro passo para um bom processo de automação de marketing começa entendendo o contexto geral de toda “régua de relacionamento” com o público.

É preciso verificar e identificar onde teremos momentos em que podemos substituir a interação direta e manual pela automação de marketing, utilizando todos os processos de marketing de maneira inteligente e integrada, tornando possível a automatização de diversas etapas.

Resumidamente falando, um processo básico de funil de vendas funciona assim:

#1 Automatizando a ATRAÇÃO de visitantes

Os visitantes atraídos para um site, uma landing pages ou uma rede social podem ser convertidos em leads (contatos reais) através de estratégias de conversão.

De maneira geral, a entrada no funil de vendas pode ser feita facilmente através de processos de marketing que rodam no automático.

#2 Automatizando a CONVERSÃO de visitantes em leads

Depois da atração, convertemos estes leads em oportunidades de negócio, principalmente oferecendo conteúdos gratuitos.

As ferramentas de gestão de marketing digital que citamos acima automatizam os processos de de captura de e-mails, entrega de conteúdo relevante para o visitante e incentivo à interação.

Desta forma, se você conseguir gerar tráfego para dentro de seu website, poderá converter estes visitantes em lead, contatos reais. Isso de forma automática.

#3 Automatizando o RELACIONAMENTO e a Nutrição de Leads

Depois da conversão, por meio de um processo bem estruturado de relacionamento e a nutrição de leads, você irá aquece-los para as futuras vendas.

E também é possível automatizar o relacionamento e a nutrição de leads!

Agende posts em blogs e postagens nas redes sociais, por meio de mecanismos automáticos específicos dentro destas ferramentas de automação.

Um ponto importante é a automação de campanhas e disparos de email marketing, que pode ser feita em todas as fases do funil de vendas.

Através de softwares específicos, conseguimos fazer com que todo o processo seja automatizado, levando em consideração os comportamentos dos leads.

Por exemplo, podemos selecionar e separar as pessoas que clicaram ou não clicaram em determinado link que encontra-se dentro do e-mail que você enviou, bem como pela separação entre as pessoas que abriram ou não abriram os e-mails. E, por falar nisso, veja neste artigo como criar títulos de e-mails que ninguém vai ignorar.

Com isso, você pode estabelecer um processo automático de marketing de relacionamento que irá rodar sem que precise estar o tempo todo online.

#4 Automatizando a VENDA (pelo menos parte dela)

Outra ação que pode ser automatizada é o processo final de vendas. Mesmo que parte dela necessite de interação humana.

No caso de ecommerces, 100% de suas vendas podem acontecer sozinho.

No caso de uma venda consultiva, até 90% da interação pode ser automática, deixando os 10% para o fechamento por telefone, Skype ou pessoalmente. Diminuindo drasticamente o tempo gasto do vendedor em cada venda, e os custos.

 

Acompanhe os resultados da automação de marketing

Quando a automação de marketing estiver “rodando”, a primeira coisa a ser levada em conta será o acompanhamento dos resultados.

E isso não dá pra automatizar: nada substitui a SUA análise humanizada, o seu feeling pessoal, e a sua expertise em marketing.

Sim… falta muuuito para as máquinas dominarem o mundo e exterminadores começarem a andar por ai. 😉

Automatizar não quer dizer abandonar!

É muito importante que você continue acompanhando como as pessoas estão interagindo com os processos de marketing para fazer ajustes periódicos.

Tenha em mente que a automação serve para deixar os processos de marketing mais rápidos e eficientes, e não para tornar o processo robótico.

Veja os KPIs e as taxas de conversão de cada etapa acima. Descubra onde estão os gargalos. Enriqueça o fluxo de nutrição com um email a mais. E por aí vai…

É na construção da automação e em seu aperfeiçoamento que nosso lado humano genial deve florescer.

Não é fácil planejar e construir tudo do zero. Mas vale a pena depois de pronto – você terá construído a sua própria máquina de vendas!

Quer saber mais?

Em nosso blog e na página de Materiais Educativos temos muito conteúdo para lhe ajudar a sua estratégia de marketing digital.

Sucesso e até a próxima!

Alex Carnier
Alex Carnier
Empreendedor e estrategista de marketing. Acredita que com conhecimento e capacitação é possível fazer qualquer coisa. Nos últimos 10 anos vem ajudando empresas de diversos setores a fazer acontecer!