Google Adwords: uma poderosa ferramenta de vendas!
17 de janeiro de 2017
Mostrar tudo

8 tipos de Call to Action para você usar em seu website

As Call To Actions (chamadas para ação) são extremamente importantes nos projetos web, e ajudam de inúmeras maneiras a fazer marketing digital.

Há um componente chave para o processo de geração de leads – especialmente no seu blog. Sem CTAs, pessoas que visitam seu blog terão dificuldade em encontrar as suas landing pages, a não ser que eles esbarrem nelas por acaso mais tarde.

Mas, então, para obter mais conversões no meu blog, devo criar mais CTAs e está tudo resolvido?

Nem sempre.

Você pode aumentar o número de conversões incluindo mais CTAs no seu blog se há diferentes tipos dos mesmos, em diferentes formatos e direcionados para partes diferentes do seu funil de vendas.

Antes que você clique no botão “publicar” da sua próxima postagem de blog, pense em como os seus leitores podem dar o próximo passo para aprender sobre a sua empresa.

Ok, e quais CTAs irão ajudar a passar para a próxima etapa da jornada de compra?

Abaixo, separamos 8 ideias por onde você pode começar!

Não é preciso usar todos os tipos de CTAs em cada uma das suas postagens de blog, entretanto, todas devem ser consideradas. 

#1 CTAs Inteligentes Abaixo das Postagens

No fim de suas postagens de blog, é importante ter um CTA que levem seus leitores para uma ação depois que eles terminarem de ler.

Mas, todos os tipos de pessoa visitam o seu blog – e você não quer dar a todas elas o mesmo conteúdo, certo?

Para dar o conteúdo certo para seus visitantes, leads e clientes, você pode usar o que a Hubspot chamamos de “CTAs inteligentes”.

O que é isso?

Os CTAs inteligentes são baseados em onde as pessoas estão (e se estão) na sua base de dados no funil de vendas ou a que lista de contatos eles pertencem, seus leads ou clientes podem ver diferentes CTAs.

Dessa forma:

  • Os visitantes verão apenas os conteúdos que os converterão em leads;
  • Leads verão conteúdo que convertam eles em leads qualificados;
  • Clientes verão apenas conteúdo que os convertam em evangelizadores de marca.

Você pode ver isso em ação abaixo – observe que há três tipos diferentes de CTAs baseados no estágio do ciclo de compra que ele estiver.

  • Um visitante aleatório do seu site (alguém que ainda não preencheu um formulário) visualiza um CTA que leva para uma oferta de orçamento de SEO;
  • Um lead vê uma planilha de metas de SEO com os produtos Hubspot;
  • Se você servir conteúdo personalizado para cada público, você pode aumentar as conversões através de todo o funil — não só uma parte dele.

O que visitantes vêem:

cta-visitante

Guia grátis: 17 mitos ultrapassados sobre SEO para deixar em 2014
Separe os fatos e ficções de SEO e pare de perder seu tempo em estratégias SEO que não funcionam.
Resgatar meu Guia Grátis >

O que leads vêem:

cta-lead

Teste o painel SEO nas Ferramentas de Blog da Hubspot
Comece seu teste grátis agora >

O que clientes vêem:

cta-cliente

A planilha otimizadora de SEO
Um guia para otimizar palavras-chave, aumentar tráfego e muito mais!
Baixe agora >

#2 CTA “Conectar as redes sociais”

cta-conectar

 

Outro tipo de Call To Action muito útil é a que fornece links para se conectar com a sua empresa nas redes sociais.

Se alguém está lendo seu conteúdo, há uma boa chance de que eles estejam interessados em conteúdos futuros que você postar.

Sua empresa deve postar conteúdo que interessa aos seus leitores em diferentes plataformas de mídias sociais assim que eles saírem.

Torne-o mais fácil possível para que seus leitores acompanhem você nas redes sociais criando chamadas-para-ação para cada um dos seus canais de divulgação. 

Se tudo o que eles tiverem que fazer for clicar em um botão para seguir você nas redes sociais, é muito provável que eles o façam.

Note que isso é levemente diferente de ter CTAs que permitem com que leitores compartilhem o conteúdo postado em seus perfis pessoais das redes sociais (que também uma excelente técnica).

#3 CTA “Tweet isso”

Falando em redes sociais, há outro tipo de CTA que envolve mídias sociais. Nós chamamos eles de links “tweet isso”.

Quando um leitor clica nesse tipo de link, um modelo de pré-redigido de tweet promovendo o conteúdo aparecerá para o leitor.

Você pode criar links assim por conta própria, usando uma ferramenta chamada ClickToTweet.

No exemplo abaixo, quando você clica em “Tweetar sobre a Apple”, o modelo de texto aparece dizendo:

“O site da Apple mudou muito nos últimos 14 anos. Veja como ele era em 2000: http://hub.am/1sAYBy3 #tbt via @HubSpot.”

Esse tipo de CTA é uma ótima pedida para postagens que incluem dados, infográficos, ou qualquer postagem com suas demonstrações de conhecimento que sejam fáceis de compartilhar.

Esses links farão com que seja fácil e rápido seus leitores postarem fatos interessantes das suas publicações de blog no Twitter – e podem acabar levando mais tráfego ainda para seu elas.

cta-tweet

Lembra do iBook? Colorido, customizável — estou falando de quando Elle Woods era um algodão doce rosa em Legalmente Loira.
Como Steve Jobs disse uma vez “Nós fizemos os botões na tela parecerem tão bons que você irá querer lambê-los”.
Que versão do site Apple.com você preferiria lamber? 
Se Steve estava certo, você irá querer lamber ambos. Tweet sobre a Apple.

#4 CTA “Assinatura de blog”

Se os seus leitores estão interessados nos seu conteúdo, eles também podem querer se inscrever para receber alertas quando você publicar novos artigos.

Se você quer aumentar a base de assinantes do seu blog, faça o CTA para se inscrever para os alertas do seu blog serem o mais claros e simples de preencher possível.

Não faça eles preencherem um formulário longo para isso – só pergunte pelas informações que você realmente precisa. Se você precisa de um endereço de email, só peça o endereço de email.

Fazer com que esse processo seja indolor para seus visitantes aumenta as chances de eles realmente preencherem o formulário.

cta-assinar

Receba novos artigos sobre marketing em seu email
Endereço de email:
Inscrever-se

#5 CTA Comentários

Há várias formas de terminar suas postagens de blog.

Vários deles terminam com encorajamentos para que os leitores comentem e compartilhem seus pensamentos sobre o artigo.

Há várias maneiras em que você possa colocar um CTA nisso.

Você pode:

  • Ser direto e dizer algo do tipo: “Comente abaixo para compartilhar suas ideias sobre esse post”;
  • Fazer uma pergunta aos seus leitores baseada no assunto da sua postagem.

Independente do que você escrever, o objetivo deste CTA é conquistar mais engajamento nas suas postagens de blog através dos comentários.

cta-comentar
Bônus!
Se você dominou as estratégias acima, há duas coisas que você pode fazer para passar para o próximo nível
* Coloque detalhes visuais adicionais para complementar as diferentes sessões da sua postagem
* Veja se não há nenhum dado ou estatística para reforçar algumas das afirmações que você tenha feito na postagem.
Boa postagem!
Que outras etapas você faz para refinar suas publicações de blog?

#6 CTAs “Deslizáveis”

Conforme você rola o mouse pelas postagens de blog de alguns sites, você pode notar um CTA que desliza junto com você, no canto direito ou centralizado na página, assim que você está quase no final da página.

Esse é outro jeito de ajudar a converter os leitores do seu blog, e que não é tão intrusivo como um CTA em popup, do tipo: “pare-tudo-o-que-você-está-fazendo-e-clique-em-aqui!”.

Este último exemplo citado, normalmente não permite com que o visitante leia uma postagem antes de preencher um formulário ou clicar em cancelar, causando uma experiência desagradável.

Os CTAs deslizáveis são uma ótima maneira de oferecer informação adicional para seus leitores enquanto permitem, simultaneamente, que eles leiam a postagem tranquilamente.

Veja um exemplo de CTA deslizável em funcionamento no GIF abaixo:

cta-deslizável

 

#7 CTAs “em linha”

Ao pensar em CTAs, é comum que se imagine uma imagem grande, empolgante e que se destaca do resto do texto do seu blog. Entretanto, essa não é a única maneira de se utilizar CTAs no blog.

Uma Call To Action pode ser simplesmente um link dentro da sua postagem que fornece mais informação sobre aquele determinado assunto.

Ele faz a mesma coisa que um botão de Call To Action, ou seja, direciona pessoas para uma tomada de decisão, mas faz isso num link escrito, não em um botão com hiperlink.

No exemplo abaixo, o CTA em linha leva para outra publicação de blog, na qual o leitor pode conseguir informações adicionais no tópico mencionado.

cta-em-linha

Não há necessidade de nenhum botão extremamente elaborado para isso, apenas inclua um texto que diz: “leia essa postagem” e faça link para a mesma.

#8 CTAs Laterais

Há CTAs que você quer deixar evidentes no fim da sua publicação de blog para potenciais conversões, outras, você quer incluir no meio do texto com informações importantes para entender o conteúdo ou tópico da sua publicação, e há ainda CTAs que podem ser relevantes para a sua empresa, mas nãotem relação com o conteúdo sobre o qual você está escrevendo.

A barra lateral do seu blog é um ótimo lugar para Calls To Action como estas, porque eles são importantes para ajudar a empresa a conquistar seus objetivos, mas para isso, elas não precisam ter qualquer alinhamento com o conteúdo que você púbilica.

No exemplo abaixo, você pode ver um CTA para o INBOUND 2014 da Hubspot. Apesar de ser um CTA importante para incluir na sua empresa, não é vital para a publicação.

cta-lateral

A barra lateral é um lar perfeito para ele, já que ele pode ser mostrado para qualquer um que esteja vendo o blog.  

E então, qual é o seu CTA favorita?

Agora que você conhece a diversidade de CTAs existentes e que podem ser utiliza-das, já sabe qual a sua favorita?

É hora de planejar e pensar na melhor maneira de utilizar cada Call To Action no seu marketing digital e conquistar novos leads!

 

De que outras formas você usa CTAs no seu blog?

Conte pra nós nos comentários 😉

Até a próxima!

Alex Carnier
Alex Carnier
Empreendedor e estrategista de marketing. Acredita que com conhecimento e capacitação é possível fazer qualquer coisa. Nos últimos 10 anos vem ajudando empresas de diversos setores a fazer acontecer!